Depois
Durante a obra
Durante a obra
Antes
Antes

Praça Balbina Fonseca 

 

A reforma visou a integração do espaço da praça com a sua ambiência. A retirada das grandes espécies de Ficus, o remanejamento dos trailers, um novo traçado dos canteiros,  a execução de um paisagismo  clean e uma pérgula com ornamental florida, cativou os usuários. Propiciou ainda a uma liberação das visadas do prédio histórico da Santa Casa de Misericórdia e do hospital escola.

Durante a obra
Durante a obra
Durante a obra
Durante a obra
Durante a obra
Durante a obra
Durante a obra

Praça XV de Novembro - "Jardim de Baixo"

 

O projeto original desta praça secular é  atribuído ao botânico e paisagista francês  Auguste François Marie Glaziou. A sua  reforma em 2004 exigiu uma longa pesquisa quanto ao traçado dos canteiros, o mobiliário, o posteamento, o chafariz em cantaria (onde um dos degraus estava enterrado) e um levantamento das espécies  vegetais, para a reposição das palmeiras imperiais, da vegetação arbórea e forrações. Atenção especial foi dada aos 14 indivíduos bicho preguiça, com instalação de vias para seu deslocamento no arvoredo e  plantio de espécies para sua alimentação.

Praça Clóvis Correa da Silva "Jardim Valença"

 

 

Reforma  em 2003 ,visou oferecer aos moradores da região ,áreas de lazer e de práticas de esporte,como parquinho para a primeira infância e para os jovens quadra,jogos de pingue-pongue, dama, xadrez e botão. Aproveitando o declive do terreno ,foi feita uma pista para  as antigas  "baratinhas", o jogo de bolinha de gude  teve o seu espaço  e uma árvore foi reservada para que as crianças subissem livremente.

Com novo mobiliário, posteamento e coreto com  pátio para eventos culturais, a praça foi transformada em um grande espaço democrático, para pessoas de todas as idades.

Depois da obra
Depois da obra
Antes da obra
Antes da obra

monteirorachid arquitetas associadas - todos os direitos reservados

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Pinterest Icon

Praça Tristão de Macêdo

 

Neste espaço urbano que era sub utilizado, a praça serviu como uma rotatória para os ônibus circulares, que além de humanizar , ofereceu aos transeuntes uma área de convivência.

Obra concluída
Antes
Durante a obra